O Cálice Transborda

21-12-2016

A água que desce macia o leito do rio, contornando obstáculos, carinhosamente modelando o ambiente, é a mesma que se torna num turbilhão violento, que leva tudo por onde passa. De qualquer forma, nos dois casos teremos mudanças significativas, algumas mais lentas e outras arrebatadoras.

De certa forma, é assim que lidamos com o amor. Ele pode se apresentar em nossas vidas sorrateiramente, até que, em certo momento, nos transforma, ou pode vir numa louca paixão, que, da mesma forma, mexe com nossas bases.

Não tenha medo de mergulhar nestas águas, nem tema os sentimentos e sonhos mais profundos que encontrar por lá. A magia está no experimentar, que é um dos propósitos fundamentais da vida. Lidar com as consequências é, igualmente, um aprendizado, que nunca nos deixa iguais à situação que nos encontrávamos anteriormente.

Beba deste cálice, doe-se e receba as oportunidades da vida, saia do lugar comum, faça algo diferente, conheça novos lugares, novas pessoas, faça qualquer coisa que seu coração mandar e seja feliz.

Fiquem em paz.