Conselho Diário do Tarot #152 - A relação acabou. E agora?

24-10-2017

Uma das coisas mais duras da vida é sofrer por causa de um relacionamento que acabou, principalmente quando não somos nós quem terminamos. São momentos de crise, incertezas, nos sentimos miseráveis, rejeitados, solitários. Parece que nunca mais seremos felizes, que mais ninguém poderá preencher aquele vazio que ficou no nosso peito...

Sim, eu reconheço que é difícil esquecer a pessoa amada que não quer mais ter uma relação conosco. Mas o melhor a se fazer, lhe garanto, é usar todas as forças para virar a página, seguir em frente. Ao contrário, ficaremos eternamente presos neste sentimento de miséria e a outra pessoa estará seguindo com a sua vida.

Por isso, trago algumas dicas aqui de como lidar com o fim de uma relação da melhor forma possível, sem que você fique se torturando por muito tempo.

A primeira coisa que você precisa tirar da cabeça é que teve alguma culpa. Pois esta é a primeira ideia que nos vem: "o que eu fiz de errado?", "se eu tivesse feito deste jeito...". Você não pode assumir a responsabilidade pelas atitudes do outro. 

Você não foi abandonada! Tire isso da cabeça também. Este sentimento de perda é a sensação do fim da rotina que você construiu com aquela pessoa. É só questão de desacostumar com esta rotina, se desentoxicar daquela relação.

O passado já passou. Não adianta ficar pensando como foi bom, como era a vida de vocês, como aquele tempo foi feliz etc.

Pare de ficar fuçando o Facebook da outra pessoa, elimine fotos, qualquer coisa que possa lembrar da relação. Isso é muito importante. Bloqueie a pessoa em tudo.

Não se martirize vendo filmes ou livros românticos. É como se você estivesse alimentando a sua autopiedade.

Crie novas rotinas ou comece a fazer de novo atividades que você parou por causa da relação. Um hobby, uma atividade física, qualquer coisa que possa ocupar sua mente.

Pare de visitar os locais onde vocês costumavam se encontrar ou que a outra pessoa possa estar. Muito menos fique forçando encontros com a pessoa.

Mas, se por acaso ocorrer um encontro, haja naturalmente, com maturidade, quem sabe não nasce uma amizade? Talvez até, quem sabe, se você for com calma, a relação pode ser restabelecer, mas não crie expectativas!!!

Vai doer, sim, vai doer muito. a dor é normal, você é um ser humano. Se estiver triste, chore, libere tudo que tiver que liberar, mas não fique também o dia inteiro chorando. Refaça-se, levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima!

Fato é que, se um relacionamento não funcionou, não adianta forçar a barra, deixa a vida correr. Assim, você estará livre para ser feliz mais uma vez e sempre.

Paz e Luz