Conselho Diário do Tarot #133 - Falando de Amor...

12-09-2017

Quero começar o conselho de hoje lhe fazendo uma pergunta: Você sabe o que é amar?

Acredito que você tenha respondido que sim. Claro, quem nunca amou alguém, quis esta pessoa sempre ao seu lado ou sofreu por sua ausência?

Mas, eu quero propor um ponto de vista diferente sobre o amor. Na verdade, quero mostrar que muitas vezes confundimos amor com posse. Na maioria das vezes, não queremos amar uma pessoa, queremos tê-la para a gente.

Quando amamos alguém, acima de tudo, queremos o bem desta pessoa, que seja feliz, mesmo que não esteja com a gente. Querer ter a posse de uma pessoa não é amor.

Então, vamos descobrir juntos se você ama ou tem sentimento de posse. Vamos lá?

Você costuma dizer que não consegue viver sem determinada pessoa? Isso é posse. O amor não é dependente, ao contrário, é leve, livre, vive a vida, é, acima de tudo, amor próprio. Pois, na verdade, o amor tem que começar em nós mesmos, precisamos nos amar primeiro, para depois começar a pensar em amar alguém. Então, se você não consegue viver sem uma outra pessoa, significa que não consegue viver sozinha com você mesma, mostrando então que você não se ama. 

É impossível amar alguém sem não se amar antes.

Outro ponto. Você já se pegou dizendo que faria qualquer coisa para ter aquela pessoa para você? Este é o perigo de não se respeitar, ao menos, os sentimentos e decisões da outra pessoa. Mesmo a outra pessoa não querendo, você quer ter a propriedade dela, acha que só será feliz quando amarrá-la, trazê-la à força. Isso é amor? Não! Isso é possessividade doente! Você precisa se curar das suas carências, da sua própria falta de amor.

Um último ponto. Você diz que ama alguém, mesmo se esta pessoa esteja te rejeitando, maltratando, humilhando, traindo, enfim, fazendo tudo de ruim com você. Não importa, você continua dizendo que ama e fica correndo atrás, aumentando a cada dia o seu sofrimento. Sinto muito, mas isso também não é amor. Você está dependente do seu próprio sofrimento e, principalmente, não tem um pingo de amor próprio.

Resumindo, se você não tiver amor em você, nunca conseguirá amar alguém. Não pense que você irá preencher este vazio com amor dos outros, ninguém pode fazer isso. 

Primeiro, ame-se.

Paz e Luz

Você já conhece o jogo rápido do Amor?